quarta-feira, fevereiro 08, 2012

ODEIO O CARNAVAL E NUNCA MAIS SEREI PIEGAS

Depois de ouvir atentamente o que disse Passos, dá-me vontade de matar o adjectivo «piegas» e aplaudir de pé tudo o que proferiu. Passos não anda com teleponto. Nem gesticula mistificador e charlatão, mas com naturalidade e verdade. Verifico também que o lixo socialista e o ainda mais lixo socratista continua a mexer e a poluir no seu spin estéril de terra queimada e insultos baixos. São anónimos. Fazem o que lhes apetece, pagos pelos milhões do nefando parisiense, certamente. Não haverá uma Sibéria onde se possam enfiar por cinquenta anos ou mesmo cem?!

Sem comentários: