sexta-feira, março 16, 2012

BENDITA LEONITE

«Mas o jogo de hoje foi especial. Não sei porque carga de mil águas me deu esta súbita leonite, mas vibrei com o Sporting. Senti uma empatia diferente do habitual com os rapazes de verde, com a sofreguidão com que aliviavam a bola da área, a luta e o espírito de não desistir contra uma equipa cheia de grandes jogadores mas com a soberba a tolher-lhes o juízo. O City, que tinha sido competente contra um FC Porto medroso e azarado, perdeu com o Sporting e eu aplaudi o golo do Matias e do Van Xinksotrinkel como se tivessem sido meus. Porque me senti vingado. Palerma, pascácio, pamonha. Sou. Não tenho problema em dizê-lo.» Jorge

Sem comentários: