quinta-feira, março 08, 2012

ERA UM SORRISO ASTUCIOSO E ESCARNECEDOR

Se a verdade toda, nua e crua, for desenterrada e se perceber a magnitude do embuste que o eleitorado comeu e calou, nos anos socratesianos de negritude, temos futuro. O espécimen em causa bateu todos os recordes e violou todas as boas práticas. É legítimo que a verdade se apure. Não a verdade omissa e selectiva que a PGR promove, mas tudo. Caso contrário, se isto continuar como de costume, pastosa, magna e prolongada caricatura do Estado de Direito, que é só para alguns, sobretudo os que podem pagar mais, a bolha tem mesmo de rebentar.

2 comentários:

Anónimo disse...

Para isso era necessásrio sacudirmos o jugo maçónico republicano que vampiriza Portugal. Mas o povo está anestesiado.

Miguel disse...

Milagre da multiplicação, diz o CM. Deve ser isso.