domingo, março 04, 2012

JAMES, O CRAQUE VS. RODRIGO, O PREMATURO

Curioso como, durante e após o clássico de Sexta-feira, não demos pelo menino dourado do Sport Lisboa e Benfica, Rodrigo, que ao longo das extintas semanas de colo compressor, havia sido mencionado e remencionado, promovido e repromovido, especialmente pelo órgão nacional, oficial, monocular e especulativo do Sport Lisboa e Benfica, A Bola. Em contrapartida, James, que é discreto, raçudo e eficaz, mostrou toda a sua utilidade e espírito de combate, na hora H. O Sport Lisboa e Benfica tem falhado na consolidação das suas estrelas. Podem até brilhar muito por algum tempo, mas depois apagam-se inapelavelmente, mal se vêem cercadas de afagos sufocantes e de dispersão social típica dos craques prematuros. Para além de tudo, está na hora de os lampiões, em vez do vício de carpir a sua coita arbitral, passarem à mais límpida honestidade instrospectiva, como faz o Nuno. E bem.

Sem comentários: