sexta-feira, março 02, 2012

NEM BRIO, NEM ZELO, NEM PATRIOTISMO

Afinal, a malta do PSD que sucedeu a Sócrates nem prima pela sensibilidade social nem pela defesa enérgica do que somos. Andam distraídos e lentos. Pregam uma nova mentalidade não piegas para os pequenos esmagados de muros, mas as colocações a dedo ao mais alto nível e o proteccionismo nada liberal do que segue clientelar, porventura, vão de boa saúde e recomendam-se. Então não há uma palavra patriótica de força que se veja contra a obscenidade que se arrisca a decorrer na portuguesíssima Olivença surripiada pelo oportunístico castelhano?!

Sem comentários: