sábado, março 10, 2012

RANÇO ESTATAL APARELHÍSTICO SOCIALISTA

«E Vítor Gaspar, pese o apoio que aqui tem recebido, devido ao seu perfil técnico não limpou os cargos dirigentes do seu ministério dos socialistas que os ocupam, na presunção ingénua, de que os servos dos senhores anteriores passariam a servir os novos e as suas políticas. Para homem prudentíssimo, como creio que Gaspar é, essa ingenuidade é inadmissível e o País não a pode suportar. Não se trata de pecado original dos socialistas: trata-se de dependências reais, de traições políticas, de boicotes efectivos, que não se podem arriscar.» ABC

Sem comentários: