segunda-feira, março 05, 2012

RELÍQUIAS DE DÍVIDA, IMBECILIZAÇÃO E FRAUDE

Quando se esperava que a vitória eleitoral de PSD e CDS-PP representaria uma ruptura total e completa com todos os processos de imbecilização da Opinião Pública levada a efeito pela poderosa indústria socratista das Petas, vê-se que essa indústria prossegue, com alguma eficácia, a sua acção maléfica de envenenamento pelo ludíbrio que dissimula responsabilidades próprias e desvia atenções contra quem não engendrou os nossos problemas e desequilíbrios e agora Governa em emergência. Só ela, a tal indústria maligna, explica tanta imbecilidade no vulgo ao apontar o dedo a este Governo pela herança de descontrolo e despesismo criminosos em que as duas legislativas anteriores incorreram. Prova disso, toda a desorçamentação viciosa de quantas dívidas vergonhosas o estado acoita, empurradas com a barriga e ocultadas sornamente nos armários ministeriais: Saúde! Transportes! Afinal, quem é que deixou o Estado Português neste estado de indigência e aos cidadãos como bodes expiatórios na sua carência?! E quem é que agora forceja por tirá-lo do fosso o mais rapidamente possível?!

Sem comentários: