quarta-feira, agosto 08, 2012

O ROCAMBOLESCO ALEXANDRE ALVES

Que ave rara é Alexandre Alves? Metido em mais um projecto socratista optimístico, a RPP Solar - Energias Solares, que agora foi descontinuada pelo Governo, fugiu para onde?! Façam-lhe uma entrevista em que explique a aquisição, em 2009, por apenas 100.000 euros, dos 82 hectares destinados a esse complexo fabril e pelos quais a câmara municipal de Abrantes pagou no total um milhão de euros, graças à gestão avisada e sábia de Nélson Carvalho, que a seguir, em Julho de 2010, foi contratado como director de formação e projectos especiais da própria RPP Solar que nunca saiu do papel e agora não sai mesmo. Onde pára Alexandre Alves, hoje à beira da falência, enfrentando vários processos por dívidas?! Onde se pode encontrar tal portento de iniciativa e sucesso, ligado a uma empresa de construção, gestão e venda de retail parks, a RPP Portugal, fundada em 1993 e responsável pela construção e venda de retail parks em Aveiro, Leiria, também em dificuldades financeiras, Matosinhos, Santarém, Portimão e Salamanca?! Qual é o paradeiro do Alexandre Alves, presidente da Capitalinvest, que há poucos anos esteve também em tribunal por problemas financeiros?! Quase passou exactamente com a FNAC-Fábrica Nacional de Ar Condicionado, cooperativa fundada e liderada por Alexandre Alves, um dos empresários "saídos" do 25 de Abril?!

Sem comentários: