terça-feira, agosto 14, 2012

PORTA-PAPÉIS

Toda a gente fala, mesmo este imbecil faccioso e atoleimado, dos papéis desaparecidos e aponta o dedinho delicado, oportunístico. Que papéis? Que é que lá está escrito e descrito? Em oito anos, o que o Ministério Publico 'investigou' deveria ter produzido prova de corrupção na compra dos dois submarinos. Nesta fumaça de corrupção, que se saiba, nunca Paulo Portas foi sequer interrogado. Temos uma Procuradoria Geral da Republica cuja principal função nítida tem sido proteger todos os casos de corrupção associada à cúpula política no exercício do Poder, especialmente os múltiplos e escandalosos casos envolvendo o PS. Que me recorde, o MP do reformando Pinto Monteiro e Cândida Almeida não tem servido para mais nada. Não há vergonha.

Sem comentários: