terça-feira, setembro 11, 2012

ABDUZIDO POR ET, NÃO ESTÁ NINGUÉM NO MINISTRO

A hostilização sistemática dos Governos sobre os professores, quaisquer professores, sobretudo os contratados-descartados ao longo de décadas, marcou os últimos anos de chumbo, trapaça, desgraça, falência. Os sucessivos ministros da suposta Educação não têm feito outra coisa senão contar tostões, mentir, comportar-se como agentes funerários de carreiras, famílias, alienadores de anos e anos de experiência para nada. Crato hostiliza-nos como os que o antecederam. Dinheiro. O Estado vai buscar dinheiro e poupar na massa salarial à custa da entropia e rebaixamento do sistema. Por exemplo, contrariamente ao que Crato afirma como um refrão pateta, o aumento da escolaridade obrigatória até ao 12.º deveria fazer supor a necessidade acrescida de docentes, dado o crescimento da população escolar entre os 15 e os 19 anos. Então por que baseia a não-contratação e a sobrecarga colossal de serviço nos demais docentes em mentiras, a mentira de haver professores a mais?! Simpático, manso, hostil, obediente. Crato só pode ter sido abduzido por ET. Não pode estar ninguém dentro do ministro. 

Sem comentários: