segunda-feira, setembro 03, 2012

HULK OU A DECADÊNCIA DA LIGA ZON SAGRES 2012

Se se concretizar a saída de Hulk, os adeptos portugueses estarão perante um empobrecimento fatal da Primeira Liga e os sport-lisboa-e-benfiquistas perante um raro momento de alívio e distensão anal, canal por onde, nos célebres dérbis do passado, dificilmente passaria um feijão pequeno. A última jornada só serviu para provar isso mesmo. Já nem ouso lamentar essa ainda putativa saída como portista, lamento-a como português à procura de ver índices de competitividade e imprevisível beleza como as que jogadores como Givanildo Vieira de Souza, bem burilados e maturados pelo meu clube, trouxeram ao futebol do meu País. Não há cláusula que supere tal estado de alta depuração estética. 

Sem comentários: