segunda-feira, setembro 10, 2012

VÁ, PANÇUDOS, VINCULEM-SE A CONTRATAR

Uma coisa de que estou à espera ansiosamente é que Alexandre Soares dos Santos, tão cristão, caritiativo e autoproclamadamente sensível do ponto de vista social, assuma promessa explícita de contratar e contratar e contratar. De Belmiro de Azevedo espero o mesmo e de Américo Amorim. Que tal se António Mexia e os seus accionistas viessem oferecer-se para acomodar uma excepção à baixa da TSU para a empresa monopolista que gerem principescamente?! Agora que Passos, como um doido, entra de costas quentes em rota de colisão connosco, os pobres, os que trabalham, os que sobrevivem mal e porcamente; agora que se cobre do nosso asco e da nossa rejeição absolutamente gerais, transversais e consensuais, que tal vincularem-se esses gordos a algum compromisso explícito com a sociedade portuguesa?

Sem comentários: