quarta-feira, outubro 10, 2012

HOMEM DE ESTADO SEM PENACHO DE PAVÃO

Note-se o contraste entre o velho irresponsável, cínico e incendiário Mário Soares, na verdade um pavão diletante, e Eanes, abnegado ex-presidente que nunca seguiu o caminho da ganância e da corrosão moral. Merecem ser ouvidos os que não falam a partir da gula, da facção, do interesse incrustado no Aparelho de Estado, como os capucho, os soares e os diabo que os carregue. Por que é que a velha tartaruga socialista não deixa cair o penacho de falso democrata e se arrepende publicamente de ter rapado o Estado Português toda a vida à grande e à francesa?! 

Sem comentários: