quinta-feira, maio 16, 2013

ANDOR, PORTUGUESES, ANDOR VIOLETA!

Compreendo László Andor. Portugal sem portugueses é tão viável como uma vacaria sem palha. Não nego que seja importante que as pessoas estejam dispostas a mudar de país, como defende, não se desminta a importância de uma maior mobilidade na Europa, com a saída de trabalhadores dos países onde há mais desemprego, como Portugal, para outros na União Europeia onde a situação no mercado de trabalho seja melhor. Mas o comissário do Emprego, Assuntos Sociais e Inclusão deverá reconhecer que um País sem cidadãos bem pode fechar o tasco. Não tem futuro.

Sem comentários: