terça-feira, junho 04, 2013

ESQUEMAS QUE O REGABOFE DE ESQUERDA TECE

«[...] Ora estas empresas municipais não existiam há uns anos. E as autarquias funcionavam. Agora existem e graças a elas as câmaras têm um poder local paralelo que duplicou o número real de funcionários públicos. E os gastos também. Há empresas municipais que até se dedicam a abrir discotecas de Verão e a organizar eventos, engordando as contas bancárias dos artistas pimba e de estrelas da TV. Isto é uma vergonha e ninguém tem coragem de acabar com o regabofe. Tenho um tio cuja mulher é irmã de um presidente pelo PS. O senhor criou há anos uma empresa municipal, e passou a acumular o salário de autarca com os mais de 3000 euros de director da dita empresa. Estes abortos são a coutada das elites políticas locais e o ninho dos jovens licenciados sem emprego ou incapacidade para estarem na economia real. Muitos um bando de inúteis que nem a licenciatura merecem. E simultaneamente jovens que estudaram, com médias de curso elevadas, em boas faculdades, estão no desemprego. A Esquerda, sempre tão preocupada com as injustiças sociais, não fala disto. Nem os movimentos bloquistas e comunistas, nem as associações de estudantes. As autarquias em Portugal são das principais responsáveis pela nossa desgraça mas permanecem intocáveis. Porquê? Até quando?» Zephyrus

Sem comentários: