terça-feira, agosto 29, 2006

Cínica Apologia do Homem Íntegro



















O homem íntegro é a praga do silêncio na sociedade
dos bons exemplos e das pessoas bem.
O homem íntegro casa festivo nas igrejas em burburinhos pagãos durante os casamentos,
não atraiçoa os bons costumes com relações dúbias.
O homem íntegro não fuma demasiado,

diante das outras pessoas.
O homem íntegro não arrota à mesa
nem peida em Ré # Maior perante um público reunido em assembleia formal

jantando descontraidamente.
Escatologias sórdidas como

«merda» ou calão como
«foda-se»,
«cabrões»,
«caralho»,
nunca saem da boca pudica de um homem íntegro,

que está muito ocupado somente a pensá-las.
E, perante o pensamento e a visão herética de um ânus,
é benzendo-se todo e ajoelhando-se muito
que o homem íntegro se confirma do bom gosto e do bom caminho,

enquanto se encosta à parede para retomar ar,
aflito.

Porque o homem íntegro é susceptível e sensível perante coisas feias;
porque o homem íntegro faz parar
o trânsito com o seu ar correcto e
a sua correcta gravata, bom comportamento

à procura de um reforço positivo que se lhe atire
ósseo.

Os Bancos
têm como gerentes e subgerentes homens íntegros
assim como os hipermercados
e as lojas do bairro têm como donos sujeitos simpáticos nas contas de cabeça.
Porque os ministros são homens íntegros e correctos e
não assediam ninguém e nada sabem de pressionar a imprensa,

a boa e a má.

Porque um homem íntegro não pode passar-se e não se passa,
se insultado, cuspido e maltratado: pelo contrário, acomoda os golpes
com um sorriso pando e vai-se à vida contente,

conformado de que o mundo é como é
e não há nada a dizer,
quanto mais a fazer.

Joaquim Santos

4 comentários:

Anónimo disse...

Aos homens íntegros, o melhor que têm a fazer é não falarem, porque senão são desmascarados. São pessoas "politicamente correctas", imparciais, que não se assumem por nada, e assim de nada podem ser apontados.

Night disse...

Eu confundo por vezes o homem íntegro com o "Maria vai com todos" a hipocrisia reinante, o politicamente correcto, o que pensa não mas diz o sim, o que te abraça pela frente e te espeta por trás... todo o Homem é pecador.

Luto pelas minhas idéias e se tiver que dizer um foda-se para as defender, o direi sem qualquer pudor... espero não dizer muitos foda-se na quinta feira ;)
Um abraço

Unknown disse...

Em suma, o homem é um ser invertebrado, um octopode, polvo, lula, sem coluna vertebral com medo de lutar pelos seus ideiais porque não acredita neles.
O mundo está cheio de homens integros e só pula e avança verdadeiramente com os outros homens, que não são integros, mas que ousam, que arriscam, que criam, que toleram a dor que lhes aquece a alma...

http://pirat-downunder.blogspot.com/

Mandacaru disse...

Adoro o cômino, o hilário, a leveza do seu texto.
É muito engraçado caracterizar assim a maioria de nós!
Que peninha de mim que me incluo no rol das "mulheres íntegras"..
Mas, Yehoyaquim, Deus qd fez o mundo distribuiu os dons entre os homens e, infelizmente, uns são, por nós, mais valorizados que outros.
beijos,
Albimorena