segunda-feira, agosto 22, 2011

UM DEDO PELO OLHO POR OLHO

A mais pueril insanidade penetrou os aparentemente mais racionais epígonos da ciência futebol, como Mourinho. [Nasceu o 'homem do bigode', Francesc Satorra, espécie de esfinge ou querubim impassível.] Se há uma batalha quase corpo a corpo após os jogos entre Real e Barça, ela é fundamentalmente psicológica e terá as suas sequelas até se registar um equilíbrio qualquer que nivele uma realidade futebolística que hoje favorece a hegemonia catalã: "O vídeo da RTVE não mostra a agressão inicial de Mourinho, mas a bofetada de Vilanova ocorre já depois de o português lhe ter metido o dedo no olho." Público

Sem comentários: