terça-feira, outubro 03, 2006

O MELHOR TERRORISMO


















«Primeiramente,
eles ignoram-te.
Depois riem-se de ti.
Depois combatem-te.
Depois tu vences»!



Mohandas Ghandi

Não sei que tempos de bombas,
que tempos re-nazis de braço estendido,
de barbas e bigodes falantes, vociferantes,
anunciando o sangue e a supremacia.
Não sei que tempos de caça às bruxas,
de malfeitorias disfarçadas e escondidas,
(salvo se a sofreguidão de matar
denuncia imediatamente quem mata)
que tempos de anónimos oleosos e doentes,
de unhas negras de arranhar a própria falta de talento des contente em tudo,
até de serem homens no mundo.
Não sei de nada.

Sei de Cristo e de Ghandi,
de Mandela e de King,
sei de quem usou o terrorismo
de revolucionar, submetendo-o,
o pior médio-oriente por dentro,
sei de quem mudou o mundo por se mudar a si mesmo,
queimando a íntima violência
desde a raiz inflamada do coração.

Sei que é por aí,
dia após dia,
é por aí.


Joaquim Santos

2 comentários:

Fragmentos Betty Martins disse...

Olá Joaquim

Muitos Parabéns! Por este texto Fantástico.

Um beijo

Rita Contreiras disse...

O que de melhor podemos fazer é trabalharmos a paz dentro de nós mesmos, nos desarmando internamente contribuimos para diminuir a violência no mundo. Abraço.