domingo, outubro 22, 2006

ONDE DIABO ESTÁ O MATT?


A dança é ridícula, ingénua, pura, de criança feliz.
As razões para dançar são todas!
Até eu dançaria, se pudesse ter estado ou viesse a estar
onde o Matt esteve!

Sem comentários: