terça-feira, agosto 28, 2007

ARDA EMBORA


Ainda que se agigante o Fogo em torno,
ainda que as labaredas lambam as minhas paredes
e ondas e ventos se levantem fortíssimos
ou se fenda, tremendo, o solo onde consolidei os meus pés,
o meu coração está firme
e está firme
na Pessoa-Sinal de
Yeshua, o Senhor,
para Quem todo o Cosmos,
toda a escala de coisas vivas alguma vez,
para Quem todo o possível e todo o inimaginável que viveu alguma vez,
todo o real-provisório e todo o invisível-escondido
convergem
no mais pleno e puro irresistível,
até que, convergindo, se Revelem.

Sem comentários: