terça-feira, agosto 07, 2007

COMBUSTÕES: NO ADVENTO DA CINZA


Não posso crer que, após dois anos de vida,
um dos meus blogues favoritos
e indiscutíveis, o Combustões,
vá suster-com-cara-de-fim
a sua magnífica autópsia diacrónica de este País
tão teimoso e incorrigível, tão cego,
blogue onde se desenhavam diagnósticos disto
precisos, fortes e, é verdade, sempre imprevisíveis.kj
çlk
Que o Miguel abandone Portugal,
algo que igualmente anuncia,
é perfeitamente compreensível:
muitas vezes o mais fino Patriotismo
exige tal extremo porque há algo renitente e acomodado
nos nossos conterrâneos que nos pesa e cansa.
Agora que concomitantemente se vá extinguindo a chama viva de tal blogue,
isso é que, a efectivar-se, sinceramente me custa.

2 comentários:

Dorien disse...

Beautiful pictures!
And although I don 't understand the language, I do like reading it (some words are recognizable from Latin).
Also thanks for your comment on my blog.
What could I say... Go on writing, publishing photos, go on blogging :)
Life is so much nicer with an extra dimension: a dimension of ideas, thoughts, imagination...

Greets, Dorien

Combustões disse...

Ora, caro Joshua, o meu insignificante blogue não conta nem pesa. Há por aí muito melhor. A decisão de suster o Combustões prende-se com a distância. Longe, sem notíciais, fora da atmosfera, não mais poderei escrever sobre o quotidiano português. Talvez tente uma solução, mas até lá deixe-me pensar no assunto. Obrigado pelas palavras amigas e exageradas.
Miguel