segunda-feira, junho 04, 2007

PERTENÇA


Pertencemos às grandes brisas-Paráclito no tempo,
às sólidas noites de humilde luz,
prenhes de Esperança n'O que sustém o firmamento.

3 comentários:

Pauline disse...

magnífico!

Padre Vítor Magalhães disse...

Gostei deste pensamento, e do tema musical.

antonio ganhão disse...

Um homem de fé não se deve deixar iludir nem por falsos deuses, nem por falsos demónios. Acredita, o Bush que tão convenientemente faz tremer a Europa não existe.

E o que existe não é tão perigoso como foi Chirac.

Coloca 1/3 do poder à disposição de Bush nas mãos dum Socrates, dum Chirac e não só a face do mundo mudaria mas toda a nossa civilização.