segunda-feira, junho 04, 2007

UM PUTIN CRISPADO


Alguém me explica
por que motivo se volta a dizer frases tão drásticas?
Parece que os nostálgicos
de um bom churrasco planetário foram regressando sorrateiramente.
Não bastava um petrossôfrego Bush,
tínhamos de aturar agora também um eurofobo Putin.

2 comentários:

antonio ganhão disse...

Putin existe e neste momento espreguiça-se, mostrando as garras.

Porquê?

Porque o pode fazer sem correr riscos. Perante uma América que cada vez menos vê na Europa uma fronteira de protecção e perante uma europa enfraquecida militarmente e debilitada moralmente.

Uma Europa em que Durão Barroso preside à comissão.

Sei que existes disse...

Pois!...
Beijinhos