sexta-feira, maio 18, 2007

AS DERIVAS DO BE, ESTRÁBICA TENDÊNCIA


Parece exactamente isso, Pedro:
e acrescento que enquanto as questões de dureza e exigência,
mas não distituídas de beleza e encanto, ao nível das relações interpessoais,
forem tratadas de forma consumista e relativista,
esboroando a dimensão de Projecto e de Aventura
assentes na Rocha da Vontade que uma vida a dois deve pressupor,
teremos de aturar um BE experimentalista e panfletário nessas matérias
onde falta é uma ética de resiliência e de solidez.
Por isso mesmo é que a Europa que pensa e faz assim está carcomida:

é uma Europa que lembra uma plástica mamária mal sucedida:
correu mal, desenvolve necrose por dentro,
mastectomiza-se,
mas apesar de todas as evidências e testes históricos
insiste que é boa ideia reincidir
nesta inestética deriva estrábica anti-ética.
jhl
Ora, o estrabismo cura-se!

2 comentários:

Unknown disse...

Gracias Joshua por su visite:-) I'm not so great at writing in Portugese. I hope you understand. Anyway, thank you for visiting my blog and I wanted to return the favor. I did work on translating yours and read a few of your posts. It's difficult because of the translation, but from what I could read, you are a very interesting writer! Very intriguing photos posted!
Best wishes,
Angie

Angelia disse...

Thank you for the visit. Returning the favor... Scary picture! I'll have to work on the translation.
XOXO,
Phibi