sábado, maio 19, 2007

CÉRBERO, À ENTRADA DO INFERNO


À entrada do Inferno
está o bicho fero
tricapital, tricéfalo,
guarda Cérbero brutal
agendando sôfregas tácticas
por que tudo difira da verdade
e continue igual:
lkhjh
jhjhjh
A notícia é engraçada. Vem hoje no Público.
A Directora Regional de Educação do Norte suspendeu das suas funções na DREN
um professor que aí trabalhava há quase vinte anos
por causa de um comentário que este terá feito sobre a formação académica de José Sócrates.
A zelosa funcionária, que dá pelo nome de Margarida Moreira, não admite piadas
durante o horário de trabalho dos seus subordinados, pelo menos se elas se referirem ao primeiro­‑ministro.
Como ela nos esclarece – não fosse o caso de ainda não nos termos dado conta –,
o «sr. primeiro­‑ministro é o primeiro­‑ministro de Portugal». Não é de Espanha, nem de França, nem do Brasil, perceberam? Nesses casos, pelos vistos, a história teria sido diferente.
Segundo alega o professor suspenso, o comentário foi feito a um colega de gabinete e pertence ao «anedotário nacional do caso Sócrates/Independente». Não importa, é preciso funcionários zelosos, cientes do dever de servir a causa pública sem qualquer sorriso trocista. Todo o riso será castigado, pois os «funcionários públicos, que prestam serviços públicos, têm de estar acima de muitas coisas», segundo afirmou a determinada Directora Regional. Merece ser promovida a Directora Nacional dos Bons Costumes, para que o seu gesto sirva de exemplo. O respeitinho é muito lindo. Imagine­‑se o que teria acontecido ao ministro Mário Lino se estivesse sob a sua alçada quando afirmou em público que era engenheiro devidamente registado na Ordem.

2 comentários:

Rhafael Teixeira disse...

Obrigado pelo comentário, gostei do seu blog, cheio de atitude.
rhafael

yoshihiro disse...

:|... :-#

É segredo...não se pode falar!

mas...num digo mais nada!!! :-#

vai ver...e verás, mas não fales!!!

:(