segunda-feira, dezembro 17, 2007

GEMMA ATKINSON - ÍCONE NOVO DA SAXÓNICA OBSESSÃO?


Não se percebe porquê, pelo menos eu não, mas o mundo anglo-saxónico
orbita muito em torno disto. Sofre por isto tetina.
Quase diria que padece de esta seio-obsessão gravitacional,
farejando por todo lado novos prodígios e revelações mamárias,
naturais ou artificiais, não importa.
lkj
O sentido proporcional e holístico da Mulher,
como os Gregos e os Romanos a viam e na pedra a desnudavam,
ficou-nos como herança, só a nós, latinos?
Essa Mulher-ideia, parece-me,
foi levada à perfeição nas latitudes tropicais, para quem a quiser revisitar.
Entretanto levamos com isto, que pode não ser mau,
mas é incompleto para quem não se contenta com sinédoques,
tratando-se de Fêmea Humana.

5 comentários:

antonio ganhão disse...

Sim! Um autêntico deslumbramento.

Ricardo Rayol disse...

Um raciocínio muito holístico. Me atenho mais ao materialismo dialético, as tetas da dita cuja são terrivelmente fantásticas.. e reparou no papapgaio de pirata atras dela na segunda foto?

SILÊNCIO CULPADO disse...

Joshua
Para o que te havia de dar a gripe, rapaz!

Tiago R Cardoso disse...

vais me desculpar, mas estava a ler o texto e distrai-me, acho que me estava a entra qualquer coisa pelos olhos dentro...

quintarantino disse...

Olha-me lá meu Fellini... tu como latino honras os pergaminhos ou não?... tu não sabes que até por estas terras banhadas pelas águas mais a sul da Europa também se aprecia um bom par... dentro de um decote generoso? ... não precisa ser um rasgo a atirar para melancia, mas em quedando-se entre o melão e a meloa... valha-nos ...