sexta-feira, julho 08, 2011

DOU O BRAÇO A TORCER

Parece que infelizmente fui enganado e a minha aposta nas apostas de Fernando Nobre, como candidato presidencial, primeiro, e como proposto presidente da AR, a convite de Passos Coelho, depois, foi completamente errada. Ingenuidade minha! As minhas desculpas a quantos me têm lido e me viram crente, crédulo, indefectível da esperança de regeneração da política e dos políticos que fui teimosamente vendo no Presidente da AMI. Nobre foi demasiado errático e escapista perante a solidez de que Portugal necessita e demasiado mau tendo em conta os bons exemplos de que nos deveremos nutrir. Não precisamos de cometas oportunistas, espumando ética que é uma coisa serena que não se diz, apenas se mostra. Nem necessitamos de beneméritos narcísicos, centrados em si e na sua sofredora sensibilidade heróica por oposição aos outros, sempre inferiores, instrumentais e errados. Do que carecemos é de verdade vivida e praticada; é-nos urgente uma palavra dada e finalmente cumprida. Nobre transmutou-se em pântano. Esbateram-se-lhe os contornos. É mais uma incógnita só suportável se passar incógnito.

5 comentários:

floribundus disse...

como todos os seres inferiores tivemos recentemente um pm que estava sempre certo.
é necessário grandeza de alma para conseguir dizer uma das mais difíeis palavras 'ERREI'

Anónimo disse...

Podemos ou não responsabilizar Passos Coelho por danos na imagem de Fernando Nobre e AMI?

HRoque disse...

Esta é boa, sim senhor:
"...podemos ou não responsabilizar Passos Coelho por danos na imagem de Fernando Nobre e AMI..."
A que propósito? O único a ser responsabilizado será mesmo do "de cometa oportunista", melhor ainda, do benemérito narcísico, centrado em si e na sua sofredora sensibilidade heróica por oposição aos outros, sempre inferiores, instrumentais e errados.
So e apenas. Sobre o Fernandito já havia lido umas coisas, que bateram certo e direito.
Nada mais há a dizer, ponto.

HRoque disse...

Ah, mas numa coisa também terei de dar o braço a torcer: é que não imaginava a sua participação naquelas coisas dos aventaleiros ou lá o raio que os parta.

Anónimo disse...

Não se penalize, Joshua.
Nobre sempre foi - ao apresentar-se em público - como um 'tipo' que desejava atingir a santidade política; e ser reconhecido assim. Deslocado e exagerado. Ele que fique na AMI, que criou, onde pode ser útil - e aí já terá feito mais que a maior parte dos deputados - pagos por nós - de fundilhos gastos pelas carteiras de carvalho da AR.

Ass.: Besta Imunda