quarta-feira, março 12, 2008

1910 JOSHUA BENOLIEL, LANCHE NOS JARDINS DA SINAGOGA


Cem anos ou biliões não são nada
se te surpreendo em plena Luz, minha querida Esther,
e a ti, minha querida Shimy!
Esta Luz-Sudário e Holograma que ubiqua, Alva!,
(tendo em conta a formosura exacta do que fomos!)
o que seremos, Nívea!,
entre suculentos sorrisos e ecos de Amado,
quando um embuste convincente, chamado Morte,
for rasgado!
klj
(Poema inspirado numa consulta aqui,
sugerida por João Távora ali).

4 comentários:

Blondewithaphd disse...

Lembraste-me um pouco o "Cântico dos Cânticos"!

..Nicol@i.. disse...

Gracias por pasar por mi blog !!

Que bueno que te gustaron las fotos!!

te paso mi mail: nicolasmelichar@hotmail.com

---

Thanks for visit mi blog man!

This is my mail: nicolasmelichar@hotmail.com

GOOD LUCK!

João Távora disse...

...é uma honra :-)

Art Green disse...

Olá
Obrigada pela visita e volte sempre que puder.
Beijinho
Lua