terça-feira, março 04, 2008

ENTREVISTAR, PRÓS & CONTRAS E MINISTERIOZECO


Fátima, deixa que os teus convidados falem à vontade.
Depois de tantos Prós&Contras, não compreendo como é que ainda não te fartaste
de cortar o pensamento à raiz da fala de qualquer deles.
Que péssimo hábito!
Que escola péssima! Quanto me irrita!
Deixa tu, e diz à Judite que deixe, falar os convidados, repito.
Não nos tortures com essa Via-Sacra Interrompedeira em que tu e a Judite são pródigas.
A Ana Lourenço, da SIC-N, está melhor: ao menos só faz caretas dubitativas ou satíricas,
como no último Dia D, em que entrevistou Menezes,
e o seu rosto mostrou páginas e páginas de Autos Vicentinos ou de Luiz Pacheco,
mas não foi interrompedeira compulsiva e perguntadeira precoce, como tu e a Judite.
çlk
Escolas de entrevistar CNN e SKY NEWS são tão delicadeza
são tão de interromper pouco quem entrevistam.
Vejo ali cuidado e modos correctos e respeitosos a questionar seja quem for.
E é isso o que falta na vossa, Fátima e Judite, toada peixeiresca:
escutar mais e, após ter perguntado,
não andar aí a reformular cansativamente o perguntado,
como tu fazes, Fátima, e faz a Judite, meu Deus!,
a Judite é uma rebarbadeira.
çlk
Mas enfim, ontem Reforma da Educação e Relatório SEDES,
enquanto debates, já passaram.
E foi sintomático que, dentre os convidados,
ninguém tivesse tido a coragem ou a assumpção posicional
de, em face do afrontamento extravagante dos Professores pela Ministra,
em face da monstruosidade temporal e prática patente no Diagrama Avaliativo,
(esse Quadro de Linhas do Metro e respectivas estações)
em face do rebaixamento sistemático da profissão docente,
humilhada, bode-expiatorizada, na Forma e na Substância, ao longo dos últimos anos,
ninguém abertamente ousasse dar a entender como absolutamente esgotado
o património de confiança de esta insólita titular do cargo.
lkjlkj
Todos calaram. João Lobo Antunes calou.
Manuel Villaverde Cabral calou.
António Câmara calou.
Portanto, todos consentiram que é o Fim!
lkj
Porque, para este Ministério Grunho do José Pedreira e do Walter Lemos,
a Escola e a Docência são as Ambulâncias do INEM de todos os males sociais,
são os paus para toda a obra, as abelhinhas obreiras na colmeia doente do País.
Porque, para este Ministério, só a Escola Refém e só a Docência Espezinhada
são responsáveis pelo 'Sucesso Educativo'
de todo o Frankenstein Agressivo e de todo o Zombie Alheado,
apesar da demarcação completa da Escola e da Educação
por parte de agregados familiares desestruturados,
provenientes da margem dos resíduos humana mais periféricos da exclusão social.
Porque só este Ministério anacronicamente Autista, Autoritário,
Arrogante, Absolutista e Unilateral,
o dos Factos Consumados,
o das grandes Certezas e Razões a Sós,
o das grandes Insonorizações de Gabinete,
o das DREN brutais e dedinho-em-riste-blogovigilantes com professores,
mas coniventes com o Homem do Machado, esse Espreitador de Alunas no Balneário da Leonardo Coimbra, Auxiliar da Acção Educativa, e morador no Bairro do Aleixo,
só ele, Ministeriozeco,
dispensa e despreza a Consciência Alargada e a Inteligência Partilhada
que hoje constituem os Fora e a Bloga para a aferir da Realidade
e decidir em maior conformidade e articulação com ela.
Porque só este Ministério da Educação persiste em ignorar
o quanto agasta os Pais uma marcação cerrada, por um professor,
aos Comportamentos mais Bizarros, mais Insolentes, mais Incivilizados
que Infra-Alunos perpetram diariamente contra a Sala de Aula,
contra os seus Colegas e contra os seus Professores.
Educar e corrigir, na Escola, para muitos pais, é ingerência intolerável,
é perseguição exclusiva ao seu filho e por isso dá-se a retaliação:
«Quem, o meu filho insultou, partiu, espancou, extorquiu, assediou? Nunca!
Esse professorzeco vai ser posto no seu lugar irrelevante!
- Ó José, se ele te chamar a atenção novamente, parte-lhe os dentes!
- Sim, meu pai!»
çklj
Portugal é isto: os sectores mais precários da Sociedade, dadas as políticas globais,
estão ainda mais de rastos e mais excluídos.
O Governo presidiariza a 'Escola Democratizada'
com currículos e horas lectivas esmagadores,
responsabiliza os Professores pelo que está a montante do Processo Educativo,
pelo Processo Educativo Todo e pelo Futuro do Processo Educativo,
humilha-os todos os dias, desvaloriza-os todos os dias
até ao estuto e ao tratamento das Empregadas de Limpeza,
compactando-os ainda mais com Burocracia Complex.
E estamos conversados, nem se fala mais nisso!

5 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

A essa historia de constantemente interromper os outro, falar por eles e não permitir um raciocínio, chama-se a isso o "síndroma de Goucha", para que não sabe´um fulano que estuda tanto os temas que sabe mais que os proprios convidados.

Blondewithaphd disse...

Num bi, num posso comentar.
Mas concordo 100% que a educação em Portugal segue caminhos assustadores!

António de Almeida disse...

-Não vejo programas de informação em formato espectáculo. Não gosto, um programa de informação deve servir para informar, no prós e contras ninguém termina uma ideia.

Paula D disse...

I wish I knew what language this is and could interpret. I would be fascinated to see your perspective on American government. Thanks for reading my blog at Me & WD

Pedro Barbosa Pinto disse...

Chego a ter saudades da Margarida Marante. Ao menos essa não interrompia!
Fazia a pergunta, dava a resposta e depois insultava o convidado estivesse ou não de acordo com a resposta que ela própria tinha dado.