segunda-feira, março 31, 2008

DESEQUILÍBRIO MEDIÁTICO


O que se noticia aqui quanto ao desequilíbrio de representação
do PSD, nos blocos informativos e ao apagamento do PS, enquanto partido maioritário,
por comparação com a omnipresença do Governo
mostra como a decrepitude da democracia portuguesa é um facto
porque não se pratica o recomendado pela ERC.
lkj
A governamentalização de tudo, o controlo apertadíssimo de toda a informação,
faz de este Governo qualquer coisa de asfixiante
para a Pluralidade Vital que urge estabelecer por cá,
própria, como é, das sociedades avançadas
e, por isso mesmo, para manter tal estado de coisas,
foi necessário agir em favor das elites económicas na garantia das contrapartidas
de apoio ilimitado e de fundos ilimitados
para a já considerada a mais longa Campanha Eleitoral de sempre.
Para efeito de síntese e de clareza,
nada melhor que dar a palavra a quem comenta:
lkj

1 comentário:

Tiago R Cardoso disse...

Também não exageremos, por exemplo a RTP/Madeira dá mais tempo de antena ao PSD, ainda não percebi porquê ?