terça-feira, dezembro 29, 2009

INTEMPÉRIES DE LAMA

O Douro promete transbordar, esta noite, na zona ribeirinha do Porto e de Gaia. Mas há muito que enundações gravosas perigam Portugal com a lama e os detritos de variados casos. Só mesmo o clima para coroar de desgraça contingencial uma desgraceira mais sistémica e humana que clama por se depurar. CAA diz e rediz o que andamos por aqui a dizer há muito: «Sócrates parece possuir uma tendência inexorável para aparecer inopinadamente nos recantos mais soturnos que o regime encerra. Sem exagero, pode-se afirmar que parte daquilo que o ‘Face Oculta’ nos revela se consubstancia numa linha de continuidade lógica em relação ao que já se pressentia no Freeport, se presumia na Cova da Beira, se supunha nos projectos das casas beirãs e se temia com a caricata licenciatura dominical.»