domingo, setembro 27, 2009

LUÍS FILIPE VIEIRA EUFÓRICO NO ALTIS

Teve piada a entrada de Luís Filipe Vieira agora mesmo no Altis. Rubicundo. A face a arder. As orelhas ainda mais parabolizadas. Veio pressuroso. Sabe-se que subiu à suite presidencial onde Sócrates degusta umas lagostas e se atira a umas cervejas, na expectativa que lhe dêem, por passividade ou omissão imensamente portuguesas, um segundo take em ferocidade e políticas de ruptura contra tudo e contra todos, menos contra os interesses dos Fortes e os Tachos de este PS. Com um beijo na face e um apertão nas bochechas, Sócrates agradeceu-lhe o apoio explícito dado em fim de campanha, no que terá sido um dos actos pré-eleitorais mais imbecis de que há memória desde o 25 de Abril de 1974. Sabe-se que LFV recebera formação on-line para organizar a grande linha de curso para a sua reeleição com os resultados desportivos fantásticos que hoje se conhecem. Ora, se Jesus salvou Vieira, por que não haveria Louçã de salvar Sócrates?!

3 comentários:

www.angeloochoa.net disse...

Até Amanhã.
O filho de puta que sou a olhos desses «esquerdas» cuja virgem-mãe é rameira (expressão textual do Alcorão('como poderá isso ser se eu não sou nenhuma rameira' (resposta de Miria a Gabriel)...
Pois, Amigo teremos seguidamente as calamidades vulgares, 'monstruosidades vulgares' lhes chamou Régio, já consabidas -- É isso que povo de Deus quer. Faça-se-lhes vontade. Cumprirei como de costume meus deveres cívicos com paulino respeito pelo governo secular. Desejo-lhes o melhor que para mim desejo. (E continuem a chamar-me filho-da-puta, que só me honram, se a 'puta' para eles é Miria, Mãe, que mãe de Joao dilecto e mãe minha e mãe deles... Queiram-na ou não honrar.

Carlos Portugal disse...

Joshua:

Aconteceu exactamente como no 2º mandato do Bush: aldrabice consumada. Compram-se uns presidentes de mesa - mas tal não é suficiente - e fazem-se as falcatruas a nível informático, já que o com+putador é o do Ministério da Justiça, completamente controlado, não pelos juízes, mas pela «Oligarquia das bestas» de que falava Fernando Pessoa.

O quê? os números não coincidem com os contados nas urnas? Não há problema, distribuem-se umas benesses e umas sinecuras por quem possa levantar problema e pronto. Desde 2001 que é assim.

Por isso não votei nem voto. Não alinho em farsas.

O sinistro José Estaline dizia que «as pessoas que votam não decidem nada, pois o voto já está decidido».

E os seus sequazes socretinos seguem-lhe os ditames.

De qualquer modo, intriga-me a aparente passividade dos patrões Bilderberg, a quem o sócas «sacaneou» até mais não (menos do que aos portugueses, mesmo assim), e que tinham decidido que ele não ganharia, perante tão clamorosa - e previsível - fraude.

Cumprimentos.

joãoeduardoseverino disse...

Caro Joshua

A ida do orelhas ao Altis e às sessões de propaganda socratinas tem uma razão muito importante e grave. Há vários projectos imobiliários aprovados por Sócrates que pertencem ao orelhas. No Algarve, na Praia Verde, o escândalo está à vista de todos. Foi aprovado um projecto para um resort de luxo, propriedade do orelhas e de José Eduardo dos Santos, presidente de Angola, que envergonharia o maior inimigo do meio ambiente. Foram arrancados centenas de pinheiros, num local de reserva natural, para dar lugar ao betão lucrativo desta escumalha.

Abraço