sábado, setembro 19, 2009

RANGER DE DENTES DE RANGEL

Este homem, desocupado e sem glória, aspira a assessorias mediáticas chorudas futuras e por isso bajula ostensivamente o seu patrão, mendigando as migalhas que um dia cairão da sua mesa favoritista e amiguista. Algures no passado vendeu a alma ao diabo e por isso deixa que o reles espume e se espoje a cada linha de circo. Tal como ASS, bajula tanto que transcorre todos os limites ao ponto do contraproducente para si e para as suas aspirações. Aposta no cavalo Sócrates porque lhe parece formidável e poderoso com a clina ao vento da campanha milionária das bandeiras e das multidões pagas para aclamar. As águas separam-se entre aqueles que pedem a cabeça do Presidente da República e os que compreendem de que abafamentos e impunidades se faz o Poder Socratinesco.

2 comentários:

Daniel Santos disse...

figuras que não sabem, mas já deviam ser passado.

João António disse...

Boa tarde, esse Rangel parece um adepto de um qualquer clube de futebol, tal è o seu encantamento pelo Socratismo !
Abraço