terça-feira, novembro 30, 2010

PURA HIGIENE

Quando António Costa declara que “são maus caminhos” os caminhos daqueles que, peregrinamente ou não, pretendem a partir de um certo PS evacuar Sócrates da devastação governamental em decurso, está a ser um mau amigo de Sócrates, do País e dos seus colegas socialistas. Os bons amigos percebem quando o amigo já não tem condições para liquidar o País todos os dias em parte pela nula credibilidade com que agenciou a execução das políticas. Presidente da câmara de Lisboa, António Costa, deveria ter mais em que pensar, mas faz, enfim, aquele pastoso raciocínio habitual na Quadratura: algo entre a lógica de paxá socialista e a conversa de chacha amiguista que procura tapar o sol com a peneira como se a sucessão do Primadonna José Sócrates, Taliban Escanhoado, e restante peçonha, não fosse absolutamente premente, questão de pura higiene.

2 comentários:

floribundus disse...

«morre o bicho,
fica a peçonha»

isto não é uma democracia no sentido europeu. isto é uma revolução socialisto com partido socialista institucional.
não governa nem deixa governar

Anónimo disse...

Até parece que o Costa é flor que se cheire!