quarta-feira, junho 29, 2011

APÓS DELÍRIOS BURLÕES E PERDULÁRIOS

«Não só o Governo é mais pequeno como também é já conhecido o seu programa  devidamente e honestamente alicerçado no 'memorando' e nos 'eleitorais' dos dois partidos; sem contradições e incompatibilidades. T'ou-me borrifando para o desconhecimento, inexperiência ou independência dos Ministros ou SE's. O que eu quero é resultados. Todo o comentário ocioso e vidente  do tipo prof. Mambo  a que as TV's se dedicam serve apenas para pagar ordenados aos comentadores. E pouco mais. O escrutínio absurdo em que têm mantido o Governo, nestas duas magras semanas, contrasta violentamente com a cobardia acrítica e a cumplicidade mais sabuja que votaram ao anterior: tipos como Paulo Campos (!), Mário Lino, Pinho, Vieira da Silva, Mendonça, Canavilhas, mesmo Teixeira dos Santos e a sua trupe de secretários-de-estado (Tesouro, Orçamento, Impostos), que produziam tabelas erradas, falsificadas, com colunas não relacionáveis, não 'somáveis' e que atropelavam constantemente as regras; para maior glória do seu senhor-sócrates e dos seus delírios burlões e perdulários. Estão então, os astrólogos-tudólogos, agora ralados com os super-ministérios e com a origem dos governantes: se são do partido, é mau; se são independentes, é mau; se são jovens, é mau; se fossem velhos, seria mau. Na verdade, há talvez uma única coisa em que o Bloco tinha uma certa razão: "orçamentos de base 0"!; e depois, melhor seria também leis orgânicas 'de base 0'; e a maldita 'máquina' da administração varrida por uma saudável e urgentíssima revoada de novas leis e revogações que atirassem todos os vícios para o lixo, ou para a prisão: "...porque a administração é pesada" e "... porque obedece dificilmente e não cumpre" !! Num País normal, tudo isto daria direito a processo e irradiação. Se por exemplo o contribuinte faltoso (e até infelizmente o cumpridor...) leva na corneta por não cumprir ou por equívocos, porquê 'pactuar com' ou desculpar "chefes-de-secretaria" e funcionários preguiçosos e ardilosos? Ordem na casa!» Besta Imunda

Sem comentários: