quarta-feira, junho 29, 2011

RASTILHO? «A NOSSA PÓLVORA É SECA!»

«El grado de devastación en que se halla la capital griega incluye la aniquilación de todo el mobiliario urbano: adoquines, mamparas, jardineras, fuentes, marquesinas y semáforos arrancados de cuajo; quioscos de prensa carbonizados; lunas rotas y cierres metálicos arrugados como una bola de papel.» El País
«O rastilho nunca chegará aqui, a nossa pólvora é seca! Enquanto a Espanha se consumia numa guerra civil, enquanto a Europa desaguava numa guerra mundial, este país aguentou uma ditadura até o regime cair de podre. Este povo nem sequer teve a pequeníssima coragem de reconhecer a coragem daqueles que enfrentaram a ditadura com a prisão e o exílio - "meia dúzia de líricos que acabavam todos a fugir para o estrangeiro". Poderemos vir a sofrer tanto ou mais que a Grécia mas não contestaremos: vamos emigrar! Um abraço de malas aviadas.» Pata Negra

5 comentários:

Semisovereign People at Large disse...

nem sequer teve a pequeníssima coragem de reconhecer a coragem daqueles que enfrentaram a ditadura com a prisão e o exílio...ou seja aqueles que fugiram para não correr o risco de ir parar à prisão

o país tá velho e velhos em fraldas nã atiram pedras só latem sobre glórias passadas

os novos matam os ingleses à porrada
ou os nacionais à falta de ingleses
e pintam morte à bófia
e assaltam casas e carros

coragem de reconhecer a coragem de ir prá prisão?

porquê se eles tamém vão
como sempre foram e por muito mais tempo
e com mais perspectivas de desemprego á saída do que os restantes ladrões que lutaram contra os ladrões da ditadura

são lutas de gangues que duram há 900 anos

iamos protestar porquê

não sofremos de acefalia grega

povos velhos têm mais juízo

sabem que nada muda

bARATA Reaccionária disse...

VELHOS POVOS HABITUADOS A ROUBAR E A SER ROUBADOS EM MAIOR GRAU

DURANTE SÉCULOS E SÉCULOS

SÓ SE REVOLTAM QUANDO OS GRANDES LADRÕES ROUBAM DEMAIS

OU DEIXAM POUCAS SOBRAS PARA ROUBAR

ESTE NOBRE POVO nem sequer teve a pequeníssima coragem de reconhecer a coragem

COORAJOZA E ANDRAJOZA DESSA CHUSMA DE GRANDES LADRÕES SEM EMPREGO

daqueles lADRÕES que enfrentaram a LADROAGEM DA ditadura com a prisão e o exílio

OU SEJA AQUELES QUE FORAM APANHADOS PELA BÓFIA E OS QUE CONSEGUIRAM FUGIR

E QUERIAM QUE RECONHECESSEMOS AQUILU QUI O POVO AMARGOU SEM SE QUEIXAR

SER PRESO POR ROUBAR O QUE ERA SEU

E EXILAR-SE POR NÃO PODER COMER O QUE ERA SEU

OLHA QUE GRANDE CORAGEM ESSA DE NÃO CONSEGUIR FUGIR OU DE FUGIR DEPRESSA DEMAIS

Anónimo disse...

Não há como fugir à realidade: estava a economia grega no bom caminho? não; estavam as finanças controladas e as contas honestas? não; pagavam os gregos na sua maioria os seus impostos de forma regular? não; gastava o estado Grego apenas o que podia suportar? não; eram os empréstimos e a dívida algo que constituísse um investimento donde recolher proventos no futuro? não; era o 'cadastro de piscinas' (!!) e de propriedade particular verdadeiro e declarado para efeitos de IMI e IRS na Grécia? não; eram as dívidas dos particulares (lá como cá...) algo que estivesse controlado? não. Depois poder-se-ia continuar deste modo: abusavam os cidadãos Gregos de um Estado que (lá como cá...) era entendido como o eterno salva-vidas que alguém haveria de pagar um dia? sim; ganhavam os gregos 15 salários por ano? sim; era o salário mínimo na Grécia (uma economia tão pobre, tão estéril e tão débil como a nossa) de 750 Euros? sim; eram as reformas na Grécia a uma idade, de um modo geral, vergonhosa? sim; têm os cidadãos gregos - de um modo geral - o entendimento de um cigano-otomano-vigarista sobre os impostos e sobre a economia? sim. No fim: queriam os cidadãos e mesmo os políticos gregos cumprir REALMENTE o programa de ajuda que firmaram há mais de um ano? NÃO. Queriam apenas empurrar mais com a barriga, o que têm feito desde há duzentos anos. Salários cortados em 20 a 25% (na Polícia)!...sacrifícios horríveis...Eis o choque dos AJUSTAMENTOS, que acabam mesmo por ter de aparecer; lá como cá. Mas governos, comissão europeia, banco central, têm TODOS culpa também: durante anos andaram a fazer vista grossa e a brincar às Europas-prósperas e às 'uniões políticas' por caminhos ardilosos, ilegais, informais e fingidos. A esta 'Europa' do socialismo-de-estado-de-dinheiros-mal-geridos, dos cargos políticos e dos fingimentos atiremos a frase adequada à "justiça de Castela: merda para ti e merda para ela."

Ass.: Besta Imunda

Pata Negra disse...

Muito se sabe por aqui do que é a Grécia actual, talvez até mais do que da Grécia Antiga! Imagino o que não falarão de Portugal por essa Europa fora até Constantinopola! A questão não está no facto da violência ter razão, utilidade ou eficácia, nem tão pouco se o sistema errado conduziu a um problema sem solução, a questão é que não se pode permitir que os pobres sejam culpados da sua própria pobreza! Que se lixem os "men-in-black", os académicos, os oficiais, a alta burguesia e a média e a baixa! Porra! Um Homem, como qualquer animal, tem pelo menos o direito de comer!
Ó Joshua, reavivo o abraço contínuo! Devo ter medo de por aqui andar ou de pensar?! Certo ou errado, podem-nos roubar o direito de comer mas nunca nos conseguirão proibir de pensar!

Pata Negra disse...

Quando os comentários ultrapassam a minha inteligência, só me resta a humildade de dizer: Joshua Adeus!