quarta-feira, junho 29, 2011

UM RASTILHO CHAMADO GRÉCIA

2 comentários:

Pata Negra disse...

O rastilho nunca chegará aqui, a nossa pólvora é seca! Enquanto a Espanha se consumia numa guerra civil, enquanto a Europa desaguava numa guerra mundial, este país aguentou uma ditadura até o regime cair de podre. Este povo nem sequer teve a pequeníssima coragem de reconhecer a coragem daqueles que enfrentaram a ditadura com a prisão e o exílio - "meia dúzia de líricos que acabavam todos a fugir para o estrangeiro". Poderemos vir a sofrer tanto ou mais que a Grécia mas não constetaremos: vamos emigrar!
Um abraço de malas aviadas

Miguel disse...

Não deixa de se ser uma forma de protesto, porventura mais inteligente no que se refere ao foro pessoal.