quarta-feira, fevereiro 16, 2011

ARCANJO ANJINHA

Pronto, chegou a vez de Manuela Arcanjo fazer as vezes de PSD e imitar Carrilho, Neto, Benavente e Mario Soares. Naturalmente que qualquer crítica interna à praxis cataventista, oportunista e ultra-direita do socratismo sorrateiro, ainda para mais a puxar ao esquerdizante, equivale a nada vezes nada: «... uma coisa são os discursos a defender o Estado social e outra coisa são as medidas concretas [...] as alterações nas regras do subsídio de desemprego que deixaram muitos desempregados sem protecção social [...] os cortes nas empresas públicas não salvaguardando os hospitais». É aliás uma forma inerte de se ser anjinho quando se poderia e deveria usar da botelha molotov da verdade nua e dura: o socialismo, cocktail de chulos contumazes, fracassou, faliu, fodeu com tudo e com todos, apenas para que nada e ninguém fodesse com ele em tempo útil não apenas segundo a justiça, mas também segundo a necessidade. Restam os cacos. Valha que o fim está próximo. Ou de esse PS fraudulento. Ou do País. Enquanto se queima o tempo.

5 comentários:

José Lopes disse...

Quando o barco começa a meter água os ratos (e as ratas) são as primeiras a abandonar a nave. Entre o Partido Socretino e o PSD do Coelho as diferenças só se encontram nas marcas dos fatos e dos sapatos que usam.
Cumps

Contra.facção disse...

Pois! e o PSd deixa andar à espera de melhor maré.

floribundus disse...

basta sair à rua para ver que estamos na fronteira com o zimbabué

Anónimo disse...

E o senhor Presidente? Enquanto pôde não demitiu o Governo, quando poder que fará?
É ou não o Dr. Cavaco Silva conivente?

joshua disse...

Do meu ponto de vista, ele é absolutamente conivente. Nem maltratado reage. Se não por nós, ao menos por ele mesmo.