quinta-feira, fevereiro 10, 2011

FIBRA CAÓTICA

A lógica das brutas comissões para si e para os seus dita que o Primadonna babe para cima das tecnologias ou para cima da esperança pelintra dos TGVs. Um Povo esmagado de Fisco, cada vez mais pobre. Uma nomenclatura política rica, cada vez mais rica. Agora todos os orgasmos são a propósito da Fibra Óptica. Para haver entusiasmos desses, com coisas, foi e será necessário continuar a tornar pobres, miseráveis, mal pagos e mal considerados, os professores de Portugal, uma massa de contratados que se arrasta precária por décadas e mais décadas, calcada de papéis e olhada de pé atrás. Criminosamente.

Sem comentários: