sexta-feira, fevereiro 11, 2011

CUEIRO-JUNQUEIRO

Esta gente socratista-socialista  Junqueiropor exemplo  —, anda sugestionável e assustadiça com a Verdade. Ânus apertados de terror pela iminente perda de poder e a revelação de desmandos terríveis, não passa feijão fradinho por ali. É mais fácil obter um sinal do Céu que do Presidente da República que, ao que parece, desde que foi reeleito, não emitiu qualquer um de "encorajamento" ao "esforço do Governo", diz ele, para ultrapassar a crise. Nada poderia prejudicar mais o País que o voluntarismo patego que põe Junqueiros, Vitalinos e outros vírus a bolçar. Quanto ao esforço, recorde-se, ele não é do Governo. O chicote, sim, é. A lata também.

1 comentário:

Anónimo disse...

Junqueiro faz o papel que José Sócrates não tem coragem de vir fazer em público. Manda os mocitos de recados.