sábado, junho 27, 2009

GIOVANNI ANDREOLI E A LEGISLATURA STRONZATA

Bullshit, mentira, malfeitoria, engano, stronza, stronzata, stronzate, eis o rasto de quatro anos que não pouparam quase ninguém, no plano moral e económico, nos planos do mérito e da competência, triturando-os nas quotas cegas e nos procedimentos estalinizantes, unilaterais, e que por isso mesmo nunca poderiam ter poupado Giovanni Andreoli, com os dois contratos-patranhescos, o que primeiro lhe aprensentam e assina e para sempre desaparece nas estantes infinitas do Conselho de administração da OPART e o novo e inesperadamente crono-emagrecido que mais tarde lhe procuram impingir e naturalmente recusa assinar. Enfim, narrativas similares e Giovannis Andreolis portugueses é o que não falta em quatro anos e pico disto. Para onde quer que se olhe, vê-se zero% de benefício nacional e pressente-se 1000% de benefício da pandilha socratinesca, posta a mamar à fartazana por todo o lado e lugar, à custa do sangue geral. Observa-se também um número abominável de trapalhadas passadas e decorrentes. Na verdade, percebe-se bem que foram quatro anos perdidos, entregues à Falsidade mais Despudorada, vendida por uma marketingequipa de garimpagem dos instintos populares mais vulgares e superficiais, a fim de os conduzir a uma Feira de Aparências, a um Oceanário de Ilusões onde no fim de tudo se morre de fome e de sede da mais pura realidade e chão firme: aquele que prega petas, o Patranheiro, il contaballe (in gergo colui che dice stronzate) d'altronde non si interessa della verità: vuole solo impressionare il suo pubblico.

1 comentário:

Anónimo disse...

A pouca vergonha continua. Ao que isto chegou!!!!...

SILVA LOPES, com 77 ( setenta e sete ) anos de idade,
ex-Administrador do Montepio Geral, de onde saiu há pouco tempo com uma
indemnização de mais de 400.000 euros acrescidos de várias reformas
que tem, uma das quais do Banco de Portugal como ex-governador. Logo
que saiu do Montepio foi nomeado Administrador da EDP RENOVAVEIS,
empresa do Grupo EDP.

Com mais este tacho dourado, lá vai sacar mais umas centenas de milhar
de euros num emprego dado pelos amigos poíiticos do Governo, que
continua a distribuir milhões pela cambada afecta aos partidos do
centrão.

Entretanto o Zé vai empobrecendo cada vez mais, num país com 20% de
pobres, onde o desemprego caminha para niveis assustadores, onde os
salários da maioria dos portugueses estão cada vez mais ao nivel da
subsistência... quando ainda os têm..

Silva Lopes foi o tal que afirmou ser necessário o congelamento de
salários e o não aumento do salário minimo nacional, por causa da
competividade da economia portuguesa. Claro que para este senhor o
congelamento dos salários deve ser uma atitude a tomar... desde que
não congelem o dele, claro.

Quanto a FERNANDO GOMES, mais um comissário politico do PS, recebeu em
2008, como administrador da GALP, mais de 4 milhões de euros de
remunerações. Acresce a isto um PPR de 90.000 euros anuais, para
quando o "comissário PS" for para a reforma. Claro que isto não
vai acontecer pois, tal como Silva Lopes, este senhor vai andar de
tacho em tacho, tal como esta cambada de ex-politicos que perante a
crise "assobia para o ar", sempre com os bolsos cheios com os
milhões de euros que vão recebendo anualmente.

Estes senhores não têm vergonha na cara ? Está visto que não!