quarta-feira, junho 24, 2009

A PIQUE, QUATRO ANOS FENDENTES

Onde fica a Saída de Emergência do Recinto Portugal a arder nesta titaniciatura socratinesca contente consigo mesma? Ajudem um pobre a emigrar! Que ninguém se compraza secretamente na hecatombe moral e económica que grassa por cá após quatro anos a enriquecer os ricos e a extorquir o chão aos pobres, a massacrar classes profissionais, reduzindo os custos e os gastos do Estado no sítio errado, como já o antecipava e foi contrariando Santana Castilho. Deu em nada. Riqueza mal distribuída. Rendimento das famílias ainda mais magro. Política de enorme Abuso Fiscal e Gastos Sumptuários em futilidades secretas (no departamento de Imagem e Marketing, Treta e Púlpito Anunciante governamentais gastaram-se balúrdios, assim como se queimaram milhões em consultadoria aos Advogados Mefistos do Regime). Perante estas previsões da OCDE, não há dúvida de que não se está a fazer o devido ou então o devido é errado. Abunda é Mentir às pessoas há longos meses com números. A Plutocracia portuguesa, que fode impiedosamente com as gentes e é no plano social profundamente insensível, poderá deixar de ter carniça sobre a qual exercer a sua necrofagia exploratória e esclavagista. As sociedades desiguais desmoronam mais depressa. Não há biombo nem desculpa para a iniquidade monstruosa patrocinada por este PS. A merdificação da economia é um facto. A desmoralização geral, outro. Os portugueses ainda não violentaram os ouvidos bloqueados de Sócrates, o grande Mouco, o suficiente. Emigrar em massa ou dar menos de 20% a este PS Socratinesco nas próximas legislativas, não resta aos portugueses outra saída. Punir severamente a Incompetência e esse Embair permanente do Zé Patranhas e punir o Partido que agora se disponha a servir-lhe de bóia eleitoral, caucionando este esterco, como parece ser o caso do BE de última hora no seu transformismo oportunista. É bom que clarifiquem o caminho pós-eleitoral que as gentes não querem ser re-enganadas. Todo o sistema político está pervertido e apodrecido. Portugal está a saque e no plano inclinado de todas as ameaças à sua independência. Fendidos por políticas erradas e de mau carácter, o naufrágio nacional está à vista: «A economia portuguesa deverá recuar 4,5 por cento este ano e em 2010 continuará em terreno negativo, segundo o Outlook da OCDE divulgado hoje. Com a economia em recessão, o desemprego deverá atingir os dois dígitos: em 2009, a taxa de desemprego deverá subir para os 9,6 por cento para no ano seguinte chegar aos 11,2 por cento.»

1 comentário:

David R. Oliveira disse...

"Onde fica a Saída de Emergência?"
Não sei, meu amigo. Você sabe que eu não a encontrei mesmo. E sabe que se soubesse já lhe tinha dado (por outra via) a dica.
Abraço
David Oliveira