sexta-feira, dezembro 30, 2011

BOM ANO À ESQUERDA COR DE AZEITE QUANDO FOGE!

Uma das coisas de que o teste do tempo e da experiência em bloga me impregnou é a capacidade de encaixe, o fair play de ler o que não me agrada nada, desonestidades sem conta, mas tolerar que assim seja. Encaixar o ódio que me votem. Encaixar o insulto que me atirem. Encaixar o que vier e seguir adiante. Também a verdade é que entro com tudo e combato apaixonadamente, com os meus argumentos e linguagem, a clubite básica PS de muitos destes colaboracionistas da dívida socratina e do seu sorna magistério de devastação devorista do Erário. Se a memória das pessoas em geral é confrangedoramente curta, a de muitos destes caramelos é-o hábil, cínica e hipocritamente, além de deliberadamente omissa e obscenamente selectiva, porque muitos deles correm em enxame por si mesmos, agora exercendo o papel filantrópico de Esquerda Misericordiosa das Lágrimas de Crocodilo. Em pouco menos se distinguem das hienas da vida selvagem. São-no da política, volúveis e voláteis, rosnando ao mínimo farejar Poder, coreutas afinados meticulosamente no discurso comum mais conveniente para envenenar, aturdir e confundir os ares primários da turba, tão permeável ao pânico, urdindo a estratégia retórica que eficazmente mine os bons ofícios governativos dos irmãos quase gémeos do PSD e do CDS-PP. Votos de bom ano aos meus queridos inimigos, com os quais, como um bom general, aprendo absolutamente: Câmara CorporativaO Jumento, Causa Nossa, Machina Speculatrix...bl-g- -x-st-, A Carta a Garcia, Lugares Comuns, Da Literatura, Duas ou Três Coisas, Crónicas do Rochedo, Jugular, Bicho Carpinteiro, Fim de Semana Alucinante, Aspirina B, sound + vision, Cleopatra Moon, Banco Corrido, Sem Embargo, Cibertúlia, Mainstreet, A Nossa Candeia, Vai e vem, Puxapalavra, Córtex Frontal, Terra dos Espantos, A Forma e o Conteúdo, fworld, A barbearia do senhor Luís, Esquerda Republicana, Pedro Lains, Random Precision, Praça Stephens, Defender o Quadrado, Léxico Familiar, Direitos Outros, A Forma Justa, Incursões, Correio Preto, Controversa Maresia, Gravidade Intermédia, Margens de erro, Hoje Há Conquilhas, é a vida, A Causa Foi Merdificada, Sítio com vista sobre a cidade.

4 comentários:

Daniel Santos disse...

lindo.

Francisco Clamote disse...

Pela parte que me toca, o meu muito obrigado!

Manuel Cintra disse...

Bom Ano também para si. Bem haja. Manuel Cintra (sítio com vista sobre a cidade)

Luís Novaes Tito disse...

Será mais um ano de ensinamentos.

Assim haja tempo, disposição e resistência à máquina laranja e azul que nos consome, também em nome de um passado de que não gostam, mas que lhes encheu os bolsos (uma espécie daquele Audi que o Ministro nada fez para ter e que muito o chateia quando vai para as passeatas de luxo, coitado) e que lhes serve todos os dias de desculpa para bichanar mais um naco.

Bom ano, caro Joshua.
Ser teso (o ano) não quer dizer que não seja bom (o ano).