quinta-feira, dezembro 29, 2011

PORTUGAL CREDOR DE ANGOLA

«Portugal é credor de Angola (Angola está encalacrada a Portugal, imagine-se); Angola já não tem guerra civil e enriquece os corruptos do regime (filhas, sobrinhos, generais e 'viajantes') com o dinheiro do petróleo  dinheiro sobrante das 'operações' chinesas e americanas. Portugal dá (deu) dinheiro a Dos Santos para que Dos Santos (oleoso de crude até às órbitas) se digne a pagar PARTE das dívidas que Angola tem para com empresas privadas portuguesas; aconteceu no 'reinado' de pinto-de-sousa. Quanto à "cooperação" de Portugal com Angola é 'nada estratégica' pois fazem de nós gato sapato, enquanto acolhemos estudantes e formamos médicos e professores. A "lusofonia" tem tido  em Angola  praticamente só um sentido: de 'cá' para 'lá' no lucro e no benefício. Ao menos que se vão aguentando as privadas em Angola porque em termos de Estados somos desrespeitados: a espanhóis e suecos, Angola paga a tempo; a nós não paga de todo. As Moody's e outras dão certamente quase AAA a Dos Santos (pois o incumprimento para connosco não interessa). Entretanto Isabel compra (para si) cadeias de farmácias, lojas, bancos, petrolíferas, empresas portuguesas à beira de precisar de 'tesouraria'. Pelo menos a China está praticamente transformada num "doador internacional"  distribuindo ordem de compra a torto e a direito. À Europa, já nem a prata dos morgados lhe sobra.» Besta Imunda

1 comentário:

floribundus disse...

o rectângulo passou da lusofudia a lusofudido