sábado, dezembro 24, 2011

RUSSOS CONTRA OS SEUS VIGARISTAS E LADRÕES

Seria absolutamente excelente para a respirabilidade do Mundo que os Russos limpassem o seu sistema dos tiranos ladrões que têm tido que suportar vai para mais de uma década. Por vezes penso que os russos são ainda mais pacientes e bovinos que nós. Eles são disciplinados e estudiosos e, ainda assim, obedientes a maior parte do tempo mesmo àqueles que lhes matam cidadãos activistas, lhes perseguem opositores da corrupção, lhes assediam opositores da oligarquia, da injustiça estabelecidas. Em geral, o português é indisciplinado, individualista e gazeteiro, completamente alheado da coisa pública, acordando o mais tarde possível contra os que o rouba nos cargos de suposto serviço público. Bom sinal também que os protestos tenham contado com o apoio de Mikhail Gorbatchov, artífice da Perestroika e antigo Presidente russo, ou de Alexei Navalni, opositor e autor de um blogue contra a corrupção na Rússia que esteve detido durante quinze dias dias depois de ter participado em protestos logo após as eleições. Navalni critica os líderes russos, que considerou “vigaristas e ladrões”, e denuncia uma lista de “vítimas de injustiça” na qual inclui o magnata russo Mikhail Khodorkovski, que esteve detido, ou o advogado anti-corrupção Sergei Magnitski, que morreu na prisão. A marcha da liberdade plena e da justiça verdadeira, na Rússia como em Portugal, deve muito àqueles com coração suficiente largo para se indignarem e combaterem todos os dias a imoralidade e o mal na vida pública das suas sociedades.

Sem comentários: