segunda-feira, dezembro 26, 2011

KIM JONG-UN, O MONSTRO QUE SE SEGUE

Não sabemos como será o monstro seguinte, Kim Jong-un. Só sabemos que herda o poder do pai na Coreia do Norte e que o PCP estará lá, na linha da frente, a aplaudir a boa saúde da dinastia. Dizem que não tem força suficiente para governar sozinho e que está a cimentar a sua autoridade. Pois. Pelo modo como o povo chora autenticamente o tirano, pode estar muita boa gente a chorar preventiva e antecipadamente as purgas do líder do Comité Central do Partido dos Trabalhadores e chefe supremo das Forças Armadas, com 1,2 milhões de soldados e um arsenal nuclear como brinquedos. Como será o próximo monstro norte-coreano. Não sabemos. Sé sabemos que será o próximo monstro.

3 comentários:

Anónimo disse...

O PCP, por Bernardino zeloso e bem endoutrinado, "não está certo de que a Coreia do Norte seja uma ditadura"; não tem todavia dúvidas em "saudar o Partido dos Trabalhadores"; e apressa-se a enviar "condolências" pela expiração de um dos mais brutais Servidores do Demónio que o Mundo já viu (ao pé de quem, a sombra negra de Estaline corre o risco de empalidecer). Com este PCP nefasto, maligno, empedernido e desumano temos que conviver na AR e nas TêVês; nas greves e nos sindicatos - minando, sabotando. Uma Sociedade que permite 7 a 8 % de votas a semelhante associação de crápulas é uma sociedade doente e anormal. Bernardino, Rita Rato e outros rapazinhos agressivos deixam-me atónito - e considero-os sociopatas em potência. E antes deles todo o vasto exército de camaradas feios e maus: Odete Santos, Octávio Pato, Álvaro Cunhal - apenas alguns dos aleijões que captaram a diligência servil e babosa de crassos jornalistas e de benevolentes imbecis da politologia nacional. Só à estalada.

Ass.: Besta Imunda

floribundus disse...

deixei os posts agendados e fui de férias das greves desta ditadura do proletariado

Anónimo disse...

It's funny because he's fat. Hehehe.