sábado, dezembro 31, 2011

PIP E OS IMPLANTES DO DIABO

O facto de os mercados chularem os povos, numa rasura cega da ética, e de esses povos não terem argumentos válidos senão, tendo sucumbido a governações assentes em propaganda e trapaça anticristã servida com delírios novo-riquistas, honrarem a palavra e os compromissos assumidos, lembra metaforicamente o que se está a passar com a empresa Poly Implant Proteheses. A sede de lucro de uma empresa sem escrúpulos, o desejo de Poder perpetuado de um Governo sem escrúpulos, tudo redunda em desastre, morte, naufrágio alheios, com ampla impunidade dos sorridentes agentes da desgraça. O problema PIP enodoa a paz de muitos e a cratera de dúvidas e angústia alarga-se. A Rocha Moral onde assentava a nossa Palavra e a nossa Esperança Civilizacionais, Cristo, está lá, se soubermos e quisermos sair do Pauis nacional e europeu para que a internacional obscenidade socialista e nihilista nos conduziu: há um fulcro de perfídia desalmada enraizado na Europa e nos EUA. Há que romper com ele. E esse combate humanista está nas nossas mãos.

Sem comentários: