domingo, novembro 08, 2009

PINTO NÃO DÁ PAU


O meu querido amigo JES não perdoa nem dorme em serviço. Aponta e clarifica a partir da limpidez dos factos: dentre os muitos fantoches da vida pública nacional, na Justiça como na Economia e na Educação, o actual Procurador tem sido um exemplar abafador de casos onde os nomes na berlinda curiosamente têm sido quase sempre os mesmos. Desvalorizou o Freeport como ninguém e o Freeport está efectivamente morto nos planos mediático e judicial. Diz umas coisas do Face Oculta mas segue adiante aguardando pelo marasmo costumeiro. Provavelmente queimará as escutas ao velho namoro entre Vara e Sócrates. É por esse tipo de tarefas de bloqueio e ocultação aliás que está lá. Para empatar e empurrar com a barriga. O podre do cargo e o mais nauseabundo descrédito já chegaram aos derradeiros limites como aparentemente se pode inferir disto. Uma vergonha!

1 comentário:

joãoeduardoseverino disse...

Obrigado Joshua.
Não se pode perdoar a uma cáfila de tachistas que ao "som" do nosso dinheiro dirigem uma orquestra completamente desafinada.

A que horas é que serão criados os Esquadrões da Morte"?...