sábado, novembro 14, 2009

ROÇAGAR DE SUMA IMORALIDADE

Não haver nojo, profundo e consequente, por tudo isto que corajosamente o Sol noticia! Se ninguém puser cobro a essa pulverulência de merda, é o fim da ideia 'Portugal'. Roça pelo chão, em roçagar andrajoso, o traje traste da mais impudica imoralidade política de que há memória. Onde está Mário Soares? Alguém viu por aí Sampaio? Onde páram todos os galos maledicentes da pobre mulher Manuela, pífia líder, mas honesta, e do virginal Santana, demasiado humano, mas não tirano?! Por que não se pronunciam?! Por que não se indignam?!

Sem comentários: