domingo, novembro 29, 2009

À LUZ DE UM CALÇOS DO TANHA

Nem falo das entradas! Elenco e evoco, apenas, com místico recolhimento, o meu Cabrito, o Polvo à Lagareiro do Tarantino, a Vitela do Daniel, chaço de respeito, e sobretudo o nosso Calços do Tanha, divo néctar, odorosa pomada. Esta posta tem abraços aos meus dois convivas de ontem, Tarantino Ferreira Pinto e ao Daniel. Não resisto a fazer-lhes um justíssimo link reciprocitário: «A vitela ontem em Famalicão estava bem boa, o vinho a condizer e a conversa excelente. Aquele abraço ao Joshua e ao Ferreira Pinto Daniel

2 comentários:

Daniel Santos disse...

Aquele abraço.

Quint disse...

Temos é de repetir a dose, agora de preferência em taberna manhosa onde entre fumo, malgas de vinho e gritos de jogadores de sueca se vão trincando uns suculentos nacos!